Política de Adoção

Política de Adoção

Adoções somente para São Paulo e ABC (Santo André, São Bernardo e São Caetano do Sul). Todos os gatinhos são doados castrados e vacinados.

Quase todos os nossos gatos chegam doentes, assustados, sujos e com muito medo. Na rua, eles experimentam do pior: desde a dor de serem abandonados por aquela pessoa em quem confiavam, até maus-tratos e envenenamentos. Todo mundo já ouviu histórias de alguém que maltratou um gatinho quando era criança ou mesmo quando adulto. O fato é que o gato ainda é um animal muito incompreendido e, infelizmente, o preconceito com relação a eles ainda é muito grande.

Na nossa opinião, lugar de gato é dentro de casa. Por isso, além de preencher o formulário de adoção, os candidatos a adotantes devem estar de acordo com a vistoria que será feita em sua casa antes da entrega do gatinho.

Gatinhos precisam de segurança. Para quem mora em apartamento, todas as janelas, varandas e basculantes devem ser teladas. Para quem mora em casa, os muros precisam ser altos e precisamos proteger portões, janelas e varandas.

Apartamentos

Doamos os gatos para apartamentos com telas, em boas condições, fixas em todas as janelas, varandas, vitrôs e basculantes. Não aceitamos telas removíveis de nenhum tipo. As telas devem ser próprias para gatos, ou seja, com trama de no máximo 5cm. É importante que os ganchos que fixam as telas sejam colocados a uma distância aproximada de 20 a 25cm para evitar a formação de “barrigas”.

Caso as janelas basculantes não possam ser teladas, o adotante pode instalar limitadores, desde que fixos.

IMPORTANTE: as telas têm validade de, no máximo, 5 anos e devem ser vistoriadas periodicamente.

Temos uma lista de empresas que fazem o serviço aqui.

Casas

Casas precisam ser seguras (com muros bem altos, telas ou alguma barreira física que impeça a saída do gatinho para o telhado/rua). Não basta fechar as portas ou janelas, essa barreira física a mais precisa existir ou ser instalada.

  • 1) Na frente, se antes da porta/janela tiver um portão (ex: portão da garagem), este portão deve ser INTEIRO TELADO.
  • 2) Após o portão, havendo janelas, estas janelas devem ser INTEIRAMENTE TELADAS.
  • 3) Havendo janelas que dêem para a rua, seja no 1º andar ou no 2º andar, mesmo que altas, estas janelas devem ser INTEIRAS TELADAS.
  • 4) Havendo quintal, as janelas que dêem acesso ao telhado ou a muros, devem ser INTEIRAS TELADAS.

O gato não poderá ter qualquer acesso ao telhado/muros, muito menos à rua.

Ainda no caso de quintal, os muros do quintal devem ser BEM ALTOS, o suficiente para que seja impossível um gato escalar ou fugir. A medida deve ser no mínimo 2,50m.

Além de oferecer um lar seguro, os adotantes precisam ter condições financeiras para arcar com veterinário e ração de boa qualidade. No ato da adoção, a pessoa preenche e assina um contrato de adoção responsável no qual se compromete a:

  • mantê-lo dentro de casa, em segurança;
  • oferecer comida adequada, além de água limpa e fresca;
  • vaciná-lo anualmente;
  • avisar ao voluntário responsável pela adoção caso tenha algum problema com a adaptação;
  • devolvê-lo para a ONG caso não possa mais ficar com ele; e
  • prestar assistência veterinária sempre que necessário.

Lembramos que cada gatinho tem um temperamento diferente e que procuramos adequar as necessidade de cada animal às necessidades dos adotantes.